top of page
  • Foto do escritorRicardo Caldas

Coaching e Mentoring de Carreira

Se já não bastasse a moda do Coach agora está na moda a Mentoria? Não está mas vai ficar já já (na minha humilde opinião). E vou te dizer o por que eu acredito nisso.


Voltando alguns anos atrás, mais ou menos em 2020/2021 tivemos o “boom” do Coach onde muitas pessoas viraram Agile Coach de um dia para o outro. Isso aconteceu principalmente porque essas pessoas participaram de um workshop de Agile Coach de 2 dias, ganharam certificados e com isso, passaram a ser Agile Coches.


Atenção que não estou a dizer que o workshop é ruim, pelo contrário. Participar do workshop faz parte do processo de virar Agile Coach. Entretanto é óbvio que um workshop de 2 dias não os transforma em algo imediatamente.


A questão que quero reforçar é que existe um caminho a ser percorrido antes ou depois de participar do workshop e muitas pessoas pulam essa etapa. Com isso, o que percebi é que muitos dos novos Agile Coaches não percebiam tanto de Agile e muito menos de Coaching. O que eles conseguiam fazer era partilhar ideias e ajudar com algumas questões ou outras.


Não posso garantir que existe uma relação de causa e efeito, mas para quem leu o relatório de Agile Skills da Scrum Alliance & Business Agility vai perceber que atualmente que existem mais Agile Coaches, Enterprise Coaches e Transformations Leaders disponíveis do que vagas abertas. Será que o mercado percebeu o mesmo que eu e não está mais valorizando os ACs e EACs?

Scrum Alliance & Business Agility Institute
Scrum Alliance & Business Agility Institute

A minha opinião é que o mercado amadureceu e percebeu que Coaching é algo que deve ser levado a sério e que é necessário estudar e praticar bastante para se tornar um Coach e poder ajudar pessoas e empresas.


Entretanto, se você abrir o LinkedIn não vai encontrar oferta de Mentoria de Carreira e caso encontre, serão poucas ofertas. Eu fiz essa busca recentemente e só encontrei algumas pessoas oferecendo mentoria para melhorar o currículo ou o Linkedin. Ofertas de mentoring (ou até mesmo Coaching) de carreira eu não encontrei.


Mas afinal, qual a diferença entre Coaching e Mentoring? Eu explico!


Coaching é um processo de desenvolvimento de ferramentas e competências para conseguir alcançar uma meta num período de tempo previamente definido. Para isso, o coach irá auxiliar o seu coachee a sair do ponto de situação em que se encontra, utilizando estratégias que promovam maior empenho, foco e ação, onde, em conjunto, irão desenvolver tarefas para que as metas sejam alcançadas num prazo pré-definido.


O processo de coaching passa por auxiliar no autoconhecimento, de forma a que o coachee procure respostas através das questões e tarefas que lhe são direcionadas, fazendo com que ele ganhe mais consciência das suas capacidades, do seu valor e dos seus objetivos, empoderando-se das suas respostas, agindo de forma assertiva e concretizando os seus objetivos, seja na vida pessoal ou na carreira profissional.


Mentoring é uma relação entre duas pessoas, onde uma pessoa com menos experiência é orientada por uma pessoa com mais experiência, que irá partilhar os seus conhecimentos e senioridade, orientando e aconselhando o desenvolvimento da carreira.


O Mentor ajudará o mentorado a aprender e a crescer numa relação de compromisso, onde ambos possuem níveis de experiência diferentes. O que é importante focar é que o mentor irá ajudar o mentorado partilhando ensinamentos profissionais, podendo estes ter uma perspetiva pessoal, ajudando-o a ultrapassar as suas principais dificuldades, que porventura estejam a atrapalhar o seu sucesso.


Em resumo: Coaching o processo é focado em perguntas e conversas para que o coachee encontre as soluções por si só, enquanto o é focado em partilhar experiências e meter a mão na massa junto ao mentorado para ajudá-lo com seus objetivos.


Particularmente eu prefiro mentoring do que coaching por causa do contexto e experiência dos projetos em que estou trabalhando. Eu vou tangibilizar.


Quase todas as equipas que trabalhei como Agile Coach nos últimos anos percebiam o trabalho que eu estava a fazer com eles, mas a maioria deles não conseguia colocar em prática o que estava aprendendo. Isso é frustrante tanto para o coachee como para o Coach pois tem muito tempo investido em aprendizagem que não é tão simples de praticar.


Quando eu percebi que esse problema de não conseguir praticar era um padrão, investiguei a causa raiz e percebi que o erro era meu eu fazer Coaching ao invés de Mentoring (aposto que você achou que eu ia colocar a culpa em outra pessoa, rs).


Pois é isso mesmo, o erro era exclusivamente meu por não ter percebido que o contexto que as pessoas e equipas estavam envolvidas não permitia que elas praticassem o que aprendiam pois era necessário uma pessoa com mais experiência e externa para conseguir mexer as peças do tabuleiro.


Eu só consegui perceber isso porque na época eu estava participando de um programa de Coaching e Mentoring (Certified Agile Leadership II) com o Angel Diaz-Maroto e foi o trabalho dele comigo que me fez perceber aonde eu estava a errar.


Foi aí que o jogo virou a meu favor e das equipas que eu estava trabalhando pois mudei a técnica e comecei a mentorar ao invés de continuar com o coaching. Realmente o jogo virou, pois eu entrei em campo junto com eles, metendo a mão na massa, fazendo e mostrando para eles o que deveria ser feito.


A parte que mais achei legal, é que esse trabalho é no mínimo em dupla e nunca é individual pois não adianta a minha experiência sem o contexto e conhecimento deles da empresa e do negócio. São complementares e com isso construímos uma excelente equipa e entregamos resultados importantes para o projeto em que estávamos envolvidos.


Apesar de atualmente eu priorizar o mentoring, eu não preciso abrir mão do coaching pois com a ajuda do meu mentor/coach (Angel) aprendi as técnicas corretas para mesclar ambas as maneiras de ajudar as equipas e projetos que eu trabalho.


Por conta dessas experiências, aprendizagens e resultados, eu abri o Business Agility Mentoring, que é um programa de Mentoring e Coaching de carreira para pessoas que desejam suporte para trabalhar com Agile e Business Agility.


Neste programa eu, outros mentores, coaches e speakers iremos ajudar os participantes na criação e execução do seu plano de carreira. Serão 113 horas de hands-on com workshops, sessões em grupo e mentoring individual para alavancar a aprendizagem e resultados esperados pelos participantes. Mas assim que terminar o programa farei um novo artigo com os resultados e depoimentos dos participantes.


A mensagem que partilho é que o coaching e mentoring são técnicas e práticas muito importantes, que geram muitos resultados e que não é preciso escolher entre uma e outra. Devemos usar ambas da melhor forma possível.


Espero que tenham gostado do artigo e que postem suas opiniões.


Nos vemos nos próximos artigos mas lembrem-se de se inscrever em nossa newsletter para receber nossos conteúdos e novidades.


Até breve.


Referências:


27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
bottom of page